segunda-feira, 28 de julho de 2008

Tapeçarias expostas na Ponta do Pargo












As tapeçarias feitas pela Sra. Dona Maria Teresa estarão expostas no Centro Cívico da Ponta do Pargo, a partir de agora, durante todo o mês de Agosto, no horário de expediente.
Esta artista tomou gosto, pela primeira vez por esta arte, quando tinha 16-17 anos.
Diz que a coisa mais difícil que faz são “pessoas” porque são trabalhosas de fazer.
A sua colecção exposta tem cerca de 34 obras.
A mais cara custa 330 Euros e a mais barata é de 120 Euros.
As suas obras podem ser adquirida no local.

sexta-feira, 25 de julho de 2008

GOLFE DE 'LUXO' NA PONTA DO PARGO



Dentro de sensivelmente 20 meses o campo de golfe da Ponta do Pargo estará concluído. O projecto da infra-estrutura modelar foi apresentado por Paulo Sousa, presidente da Sociedade de Desenvolvimento Ponta do Oeste ao DIÁRIO.

Com a chancela do consagrado ex-jogador da modalidade Nick Faldo, o campo de 18 buracos foi projectado para uma área total de 120 hectares e a vislumbrar pelos "layouts" [plantas] oferecerá condições ímpares aos amantes da modalidade e consequentemente serão necessários empregar entre 40 a 50 postos de trabalhos fixos.

O projecto prevê ainda uma vertente imobiliária com a construção de um aldeamento turístico permitindo o retorno do capital aplicado.

O pacote de alta qualidade previsto para a localidade mais Oeste da Região poderá não se esgotar com este "mega" investimento. Segundo Paulo Sousa, existe a forte possibilidade de ser edificado ainda um hotel de cinco estrelas. "A qualidade da infra-estrutura merece e não poderia ser de outra maneira", sublinha.

A intenção da SDPO "é proporcionar excelentes condições não só em termos de jogo mas também proporcionar aos visitantes o conforto que este tipo de mercado naturalmente pretende e exige", sublinha.

Se dúvidas houvesse quanto ao futuro do investimento idealizado há um par de anos atrás, eis que o responsável máximo pela Sociedade retira qualquer margem de dúvida: "Nunca esteve em causa e a verdade é que a abertura de concurso público foi já enviado para publicação no Diário da Republica".

Obra em duas fases

O campo de golfe da Ponta do Pargo para já tem delineado duas fases escalonadas. O arranque dos trabalhos confina-se à preparação dos terrenos e posterior sementeira da relva denominada por "cold season grass". Os trabalhos nesta fase têm um preço base inscrito no caderno de encargos de 17, 5 milhões de euros, o que não invalida que as propostas das empresas candidatas possam ser inferiores ou substancialmente superiores ao calculo da Sociedade.

Seguir-se-á tudo o que tenha a ver com construção propriamente dita, casos do "clube house", arruamentos e ainda os restantes edifícios cuja estimativa de custo não está todavia calculada.

Será precisamente na soma dos custos nesta primeira fase de arranque das obras determinante para a dimensão das restantes empreendimentos, explica o presidente da SDPO.

Ponta do Pargo não será igual

A perspectiva é que aproximadamente dentro de dois anos, a parte baixa da Ponta do Pargo possa estar completamente transfigurada. A "maximização do investimento" é uma das frases por diversas vezes proferida, acrescentando a esta, o desenvolvimento da Madeira e da Calheta enquanto destino golfe. A promoção do destino de férias no Norte da Europa, Alemanha e Inglaterra far-se-á dentro de pouco tempo numa estratégia comum com os restantes campos de golfe existentes na Região e no Porto Santo.

Aliás, o presidente a mostrar-se convicto que a política que o Governo Regional tem delineada vai beneficiar nos próximos anos a economia madeirense.

Características do campo

Tal como já referirmos terá um circuito de 18 buracos, um campo de treino ("drive-in-range"), tendo Nick Faldo idealizado igualmente mais um circuito de 9 buracos chamado "Pitch and Put", vocacionado para iniciação ou condições especiais de jogo.

A opção por um campo de 9 buracos "Pitch and Put" possibilita circuitos com a duração de cerca de uma hora e meia, um tipo de jogo que será importante para os turistas e madeirenses que queiram iniciar-se nesta modalidade desportiva.

O campo de golfe está concebido de forma que possibilite uma versatilidade de opções aos jogadores. Aos profissionais e em competição pura como o "European Tour" é desafiado 71 pancadas como o par ideal. Aos amadores a diferença é mínima. Ou seja, a parte comercial transforma-se para as 72 pancadas. Mais um atractivo capaz de levar muitos simpatizantes aproximarem-se do nível dos especialistas.

Para isso, terão pela frente a missão de ultrapassar as 10 lagoas e ainda os 7 "greens" virados para o Atlântico, um dos quais, a bola deverá passar por cima de um vale. No que toca às lagoas, Paulo Sousa, explica que "além do efeito de estética permitem o armazenamento de água para posteriormente servirem de rega do campo".

Esta prevenção no sistema de reserva está a ser feito em conjunto com os técnicos do Instituto de Gestão da Água. "Não haverá dificuldades em termos de água e a população pode ficar descansada quanto a isso. A água que será utilizada será a mesma que era utilizada para o regadio dos agricultores que nos venderam os terrenos", ressalva.

Três a quatro casas demolidas

Mas para que tudo fique em perfeitas condições há que desbloquear ainda a aquisição de três ou quatro moradias que ficam justamente no interior do circuito de jogo. Nada que apoquente o dirigente que clarifica: "Já encetamos conversações com os proprietários, estando nesta fase de negociações, mas tenho a convicção que tudo se irá resolver". Aliás, é o próprio a salientar que "tivemos de adquirir 1.400 parcelas de terra e não foi preciso que fosse utilizado o mecanismo da expropriação. As pessoas estão satisfeitas com os contratos amigáveis que foram feitos", frisou.

Entrar para a "Nick Faldo Series"

Outra novidade avançada por Paulo Sousa, é intenção do Campo de Golfe da Ponta do Pargo poder ser incluído na "Nick Faldo Series", uma espécie de campeonato interno, promovido pelo ex-jogador que tenta descobrir talentos junto dos mais jovens. "Ben Evans e Nick Dougherty foram jogadores que participaram na "Nick Faldo Series" e que hoje são jogadores do top europeu", explica o presidente da Sociedade.

Torneio de abertura

Logo após a inauguração, a SDPO vai realizar um torneio de abertura onde o próprio Nick Faldo apadrinhará o evento. "É um dos mais conceituados jogadores e que por si só arrasta inúmeros simpatizantes pela modalidade. Naturalmente contamos tê-lo na cerimónia podendo mostrar a razão reúne tanta simpatia".



Fonte: DIÁRIO

quinta-feira, 24 de julho de 2008

Será que é uma luz ao fim do tunel?....


Anónimo disse...

nesta terra linda, recheada de inúmeras e grandiosas belezas, muito querem fazer... querem fazer coisas, para mais tarde nas nossas memórias serem relembradas...no coração de quem ama a Ponta do Pargo, vive juntamente o desgosto de nao poder ver o Grupo Folclórico da Ponta do Pargo existir... talvez um dia, uma pequena luz ao fundo do túnel, se erga, e faça deste meu sonho se tornar realidade..."without sacrifice has not victory"... sem sacrífcio nao há vitória... sábias palavras... que muito revelam, mas pouco podem fazer...dotados de força de vontade, gosto, e sonho, são aqueles que muito têm feito, para tentar recuperar o Grupo...era um enorme orgulho voltar a abrir os olhos, e ver um extenso grupo, da Ponta do Pargo, se preparando para actuar na Sua Freguesia...era um renascer de um sonho para mim...poderia assim, voltar a esboçar um largo sorriso de satisfação e orgulho pelos que muito fizeram, para que tal acontecesse...nao tenho poder algum para interceder junto daqueles que o podem fazer faclmente, mas tenho fé, e acredito que um destes largos e calororos dias, uma alma bendita, com raios reluzentes de generosidade atingirão o bom coração de alguém, e esse alguém nos ajudará...a nossa esperança não irá morrer... irá sim, bilhar e esperar por uma ajuda, que conjuntamente com o que podemos fazer...resultará um Novo Grupo Folclórico da Ponta do Pargo... só nesta altura, poderei descansar meus olhos, e vê-los brotar lágrimas de alegria... lágrimas essas, que até agora apenas respirarão tristeza...os pargueiros conseguirão unnir este grupo e erguê-lo....

UMA PARGUEIRA ESPERANÇOSA

sexta-feira, 18 de julho de 2008

Ponta do Pargo News no Mundo


Apelo à População Madeirense e Portuguesa no Luxemburgo


Caros conterrâneos que vivem e trabalham no Luxemburgo.[u][/u]

Vimos por este meio convidá-los a estarem presentes e apoiar a nossa equipa que vai estar em Dudelange no fim-de-semana de 29 e 30 de Agosto.

Somos uma equipa da Madeira, Concelho da Calheta, de uma freguesia muito bonita chamada Ponta do Pargo.

A vossa presença, o vosso apoio e carinho serão fundamentais para o sucesso da nossa equipa.

Por favor passem a palavra e organizem-se no sentido de estarem presentes no Pavilhão, durante os jogos de Ténis de Mesa.

Teremos também muito gosto em conviver convosco nalguma Associação, Clube ou Rádio Portuguesa para falarmos um pouco sobre o nosso Concelho, da Calheta e sobre a Pérola do Atlântico: a Madeira.

O nosso contacto é adcpp@netmadeira.com , pontadopargo@gmail.com

Como sempre queremos contar convosco em Dudelange.

Um abraço desde (provavelmente) a terra mais bonita do mundo

Gilberto Garrido
(Presidente do Clube)


Recordando a construção da sede da ADC Ponta do Pargo







O Desporto Madeira

O Desporto Madeira é um jornal madeirense com 16 anos e com 812 edições até o momento (22.02.08).Este semanário foi fundado pelo saudoso Professor Eleutério de Aguiar e pelo seu irmão Engenheiro Carlos Aguiar.É um Jornal essencialmente da Madeira e que tem dado muito ao desporto Regional.São 16 anos a informar, a promover e realçar muito de bom que se tem feito na região. Tem sido uma grande caminhada levada a efeito por um grupo de profissionais, muitos que “nasceram” e “cresceram” na casa e do idealismo, empenho e entusiasmo do Eng. Carlos Aguiar que tem dedicado a sua vida a este “filho” que viu nascer e que tudo tem feito para manter vivo, actual e actuante. Saudamos, por exemplo, a nova edição na net do jornal em odesportomadeira.blogspot.com. É de realçar ainda a justa distinção atribuída a este semanário, a Medalha Regional de Bons Serviços Desportivos. Sabemos que os tempos não são fáceis. Sabemos que a conjuntura não é animadora em todos os campos.Mas temos consciência que todos nós, ligados ao desporto, temos a obrigação de viabilizar e colaborar com este “sonho” da família Aguiar e de todos aqueles que tem dado (a) vida ao jornal. Julgamos também que existe uma “obrigação social”das mais diversas entidades, públicas e privadas, no sentido de possibilitar que este órgão de comunicação social continue o seu percurso de informar e formar.Quando cada vez mais se defende aquilo que é nosso, acho ser uma boa prática apoiar este jornal a dar visibilidade ao desporto da nossa terra.Não é justo que as pessoas que tanto dão, que tanta dedicação entregam aos seus ideais tenham que, às sua próprias custas, viabilizar projectos públicos e notoriamente úteis à sociedade onde estão inseridos pondo em causa o seu equilíbrio económico e mesmo o equilíbrio emocional.É nesse sentido que vai o nosso sincero apelo: contribuamos todos para que o “O Desporto Madeira”continue nas bancas. Se todos ajudarem certamente teremos às sextas-feiras este semanário a informar tudo o que se faz na região, em todas as modalidades.Bem-haja Eng. Carlos Aguiar. Temos esperança que a sua dedicação e entrega será reconhecida e minimamente recompensada. O Caminho faz-se caminhando e com a ajuda e fair play de todos os desportistas e não só, celebraremos um destes dias a edição número 1000 de “O Desporto Madeira”Em tempo: um abraço também para os amigos Gomes Vieira e Cirilo Borges, ilustres jornalistas da casa.

GG

quarta-feira, 16 de julho de 2008

Navegar pela Calheta...

Já na sua 8.ª edição, o Clube Maresia do Porto Moniz leva a efeito, no próximo sábado e domingo, à “Rota Noroeste”, em todo-o-terreno, evento que irá percorrer o concelho da Calheta. Este é um evento com algum carisma e tradição no seio do clube nortenho e da modalidade em termos regionais. Hoje é a data limite para as inscrições...


Para a edição de 2008, a tarde de sábado, será dedicada à navegação com recurso à carta militar para atingir os “Waypoints” propostos. Depois de jantar, destaque para uma etapa nocturna, por “road book”, e muitas actividades de lazer, reeditando-se o já habitual acampamento, desta feita junto ao farol da Ponta do Pargo. Na manhã de domingo, a caravana navega até à freguesia da Calheta, de novo com recurso ao “road book”, cumprindo a regularidade estipulada pela organização. A aposta na componente social será para manter, cujo ponto alto se prevê seja nos convívios, nomeadamente no acampamento e no almoço de encerramento.
Como é apanágio da organização, a rigorosa selecção dos traçados e a aposta na sensibilização da consciência ambiental de cada participante serão para manter. O andamento será moderado, ao longo de todo o percurso, com particular destaque ao atravessar zonas florestais mais sensíveis. Paralelamente, os participantes farão um controlo rigoroso dos lixos produzidos e sua recolha. Programa — Sábado: 14:30/15:30: verificações documentais e entrega de material (Centro Cívico P. Pargo), 15:00/16:00: montagem de acampamento e alojamento, 16:30: briefing com os participantes e entrega de material para navegação, 17:00: partida para o 1.º percurso (navegação), 20:00: fim do 1.º percurso e jantar (acampamento), 21:30: partida para o 2.º percurso (nocturno), 0:00: fim do 2.º percurso (acampamento Ponta do Pargo), 0:30: ceia, animação, actividades lúdicas e lazer e 2:30: recolher. Domingo — 9:00: alvorada, 9:30: pequeno-almoço (rústico, no acampamento), 10:00: briefing com participantes, 10:15: perícia TT (facultativo), 11:00: partida para o 3.º percurso (Ponta do Pargo), 14:30: fim do 3.º percurso (Ovil — Paúl da Serra — Calheta), 15:30: almoço de encerramento (Rest. Jungle Rain) e 17h00, final do evento.

Fonte: JM

http://pontadopargonews.blogspot.com/2008/07/rota-noroeste-2008.html

1ª Fase da Taça ETTU - Masculinos e Femininos

Realiza-se nos próximos dias 30 e 31 de Agosto (Sábado e Domingo) a 1ªFase da Taça ETTU, competição de clubes organizada pela União Europeia de Ténis de Mesa e para a qual estão qualificadas cinco equipas da Região Autónoma da Madeira – três masculinas e duas femininas.
A 1ª Fase da prova disputa-se em grupos de quatro ou três equipas, em sistema de poules a uma volta em casa de um dos clubes do grupo, ficando apurados para a 2ª Fase os dois primeiros classificados de cada grupo.
O sorteio ditou que todas as equipas madeirenses joguem no estrangeiro.
O programa de encontros das equipas madeirenses da ADC Ponta do Pargo (indicados em hora da R.A.M.) é o seguinte:

* MASCULINOS:


GRUPO 5 – em Dudelange (Luxemburgo)

- Sábado (2007/08/30) ...
... às 13h00:
Olympiakos SC (Grécia) – A.D.C. Ponta do Pargo

... às 18h00:
SF SKK El Nino Praha (República Checa) – A.D.C. Ponta do Pargo

- Domingo (2007/08/31) às 09h00:
DT Dudelange (Luxemburgo) – A.D.C. Ponta do Pargo




* FEMININOS:

GRUPO 3 – em São Petersburgo (Rússia)

- Sábado (2007/08/30) ...
... às 11h00:
A.D.C. Ponta do Pargo – “Borey St Petersburg (Rússia)

... às 16h00:
A.D.C Ponta do Pargo – CS Vointa Galati (Roménia)

- Domingo (2007/08/31) às 07h00:
A.D.C. Ponta do Pargo – SK “Lvivsla Polytechnica” Lviv (Ucrânia)

Bienal de arte a 5 de Setembro na Ponta do Pargo

De 1 de Setembro a 13 de Outubro realiza-se mais uma MIAB - Bienal Internacional de Arte da Madeira, que levará a pintura, a escultura, a fotografia, a arte digital e a instalação, entre outras, aos quatro cantos da Região, um deles, a Ponta do Pargo, em estreia.
As exposições são divididas por vários espaços culturais, estando prevista para o Museu de Electricidade da Madeira - Casa da Luz a inauguração da primeira. Será pelas 19 horas, numa cerimónia que marcará ainda a abertura oficial da edição de 2008 da MIAB.
A segunda exposição abre no dia seguinte, à mesma hora, na Casa da Cultura - Quinta do Revoredo, em Santa Cruz. Câmara de Lobos é o terceiro ponto de paragem, com a inauguração da exposição marcada para 3 de Setembro, às 19 horas, na Casa da Cultura local.
Os trabalhos reservados para o Centro Cívico e Cultural da Ponta do Pargo podem ser vistos pelo público em geral a partir de 5 Setembro, às 17 horas.
Cerca de cinquenta artistas, entre eles apenas um madeirense, Martim Velosa, e cerca de 20 nomes internacionais, enviaram entre três e cinco trabalhos cada. As várias obras serão divididas em colecções equilibradas a apresentar em cada um dos núcleos de exposição, referiu Manuel Barata, presidente da Bienal Internacional de Arte da Madeira, um iniciativa que terá este ano a sua segunda edição.

Bienal de arte a 5 de Setembro na Ponta do Pargo

De 1 de Setembro a 13 de Outubro realiza-se mais uma MIAB - Bienal Internacional de Arte da Madeira, que levará a pintura, a escultura, a fotografia, a arte digital e a instalação, entre outras, aos quatro cantos da Região, um deles, a Ponta do Pargo, em estreia.
As exposições são divididas por vários espaços culturais, estando prevista para o Museu de Electricidade da Madeira - Casa da Luz a inauguração da primeira. Será pelas 19 horas, numa cerimónia que marcará ainda a abertura oficial da edição de 2008 da MIAB.
A segunda exposição abre no dia seguinte, à mesma hora, na Casa da Cultura - Quinta do Revoredo, em Santa Cruz. Câmara de Lobos é o terceiro ponto de paragem, com a inauguração da exposição marcada para 3 de Setembro, às 19 horas, na Casa da Cultura local.
Os trabalhos reservados para o Centro Cívico e Cultural da Ponta do Pargo podem ser vistos pelo público em geral a partir de 5 Setembro, às 17 horas.
Cerca de cinquenta artistas, entre eles apenas um madeirense, Martim Velosa, e cerca de 20 nomes internacionais, enviaram entre três e cinco trabalhos cada. As várias obras serão divididas em colecções equilibradas a apresentar em cada um dos núcleos de exposição, referiu Manuel Barata, presidente da Bienal Internacional de Arte da Madeira, um iniciativa que terá este ano a sua segunda edição.

terça-feira, 15 de julho de 2008

ADC Ponta do Pargo - 9 Anos


Nome: Associação Desportiva e Cultural da Ponta do Pargo

Data Fundação: 16 de Julho de 1999


Corpos Sociais:

Assembleia Geral:
José Luís Sousa (Presidente)
Luísa Garrido (Vice Presidente)
Octávio Gouveia (Secretário)
Martinho de Sousa (Secretário)
José Granito (Vogal)


Direcção:
Gilberto Garrido (Presidente)
José Páscoa (Vice Presidente)
José Paulo Gonçalves (Vice Presidente)
Moisés Sardinha (Secretário Geral)
José Manuel Jardim (Secretário Geral)
João Câmara (Vogal)

Conselho Fiscal:
Jorge Spínola (Presidente)
Maria do Rosário Gouveia (Vice Presidente)
Roberto Alves (Relator)
Maria Perpétua Pimenta (Vogal)

Fundadores do Clube

EUROPEAN TABLE TENNIS UNION - ETTU CUP MEN 2008/2009

4 SF SKK El Nino Praha CZE

2

DT Dudelange “H” LUX

3 Ponta do Pargo – Calheta Madeira POR

5

1 Olympiakos S.C. GRE

FIRST STAGE TOURNAMENT

30.08. – 31.08.2008

EUROPEAN TABLE TENNIS UNION - ETTU CUP WOMEN 2008/2009

4

“Borey” St. Petersburg “H” RUS

2 Ponta do Pargo Calheta Madeira POR

1 C.S. Vointa Galati ROU

3

3 SK “Lvivska Polytechnica” Lviv UKR

FIRST STAGE TOURNAMENT

30.08. – 31.08.2008

ADC Ponta do Pargo comemora 9 Anos amanhã


O Ponta do Pargo News aproveita para saudar a ADC Ponta do Pargo por este aniversário.

domingo, 13 de julho de 2008

Comentários na avidadopargueirinho.blogspot.com

Aqui podemos ver vários comentários a esta postagem da Vida do Pargueirinho.

Anónimo disse...
com uma relação mais intensificada com a África do Sul, nós poderíamos talvez, reerguer o grupo folclórico, para assim fazermos intercâmbio com este país, onde habitam milhares de madeirenses, e também familiares de madeirenses... era óptimo, um trocar de informaçoes, actuar lá, aqui, reviver tempos passados, tempos que muitos de nós, pargueiros, já temos saudades.sou apenas uma pessoa, que deseja que o grupo folclórico da ponta do pargo, volte a existir, e voltar a fazer com que os pargueiros voltem a sentir imenso orgulho do grupo, agora juntamente com o grupo instrumental e de cantares.por favor, voltem a erguer o grupo folclórico, seria uma maravilha para todos nós..e fica aqui um apelo, aqueles que sebem que podem de alguma forma nos ajudar, por favor que o façam, não conseguimos faze-lo sem o apoio de ninguém, ou sem coisas que nossas foram, mas que daqui foram tiradas... por favor.

11 de Julho de 2008 3:53

Anónimo disse...
concordo plenamente com a pessoa que fez o anterior comentário... nao sou bem pargueira, mas vivo lá, e sei o gosto que muita gente tem em reerguer o grupo... é bom ver o entusiasmo de vários jovens, que muito têm falado para o fazer.... mas não basta falar... é preciso também fazer, mas não podemos fazer muito sem ajuda... eu entendo que para voltar a erguer o grupo, são prec«isas algumas quantidades de dinheiro, dinheiro esse, que a casa do povo da ponta do pargo, pode talvez não possuir... mas espero que haja alguém que veja estes 2 cometários, e que seja generoso, peço também àqueles que algumas das nossas coisas têm, que dêm, é certo que nós, os pargueiros não queremos problemasl, queremos apenas aquilo que é nosso por direito... e nós temos o direito de voltar a erguer o grupo.. por favor, vejam estes cometários, e ajudem-nos!!! os pargueiros querem muito este grupo de volta...

Ponta do Pargo na Feira do Gado - Porto Moniz




sexta-feira, 11 de julho de 2008

Cursos da Casa do Povo da Ponta do Pargo






















53ª Feira Agro-Pecuária do Porto Moniz


PROGRAMA



DIA 11, SEXTA-FEIRA


09:00 - Chegada dos animais para exposição;

15:00 - Inauguração por Sua Excelência o Secretário Regional do Ambiente e dos Recursos Naturais;

- Banda da Casa do Povo de São Vicente;

15:10 - Visita aps diversos pavilhões, com entrega de certificados de presença aos expositores;

20:00 - Encerramento ao Público.



DIA 12, SÁBADO


09:00 - Abertura ao Público

14:00 - Leilão de Gado

16:00 - Grupo Instrumental e de Cantares da Casa do Povo da Ponta do Pargo

17:00 - Grupo Jovi Dancer's da Casa do Povo de Santa Cruz;

18:00 - Tuna da Casa do Povo do Faial;

20:00 - Encerramento ao Público;



DIA 13, DOMINGO


09:00 - Abertura ao Público;

10:00 - Chegada de Sua Excelência o Presidente do Governo Regional

- Banda da Casa do Povo de São Vicente;

10:15 - Missa Campal;

11:00 - Discurso de Sua Excelência o Presidente do Governo Regional, seguindo de entrega de prémios aos expositores premiados;

12:00 - Grupo Coral e Tuna de Bandolins da Associação Cultural e Recreativa do Porto Moniz;

20:00 - Encerramento do Certame.

quarta-feira, 9 de julho de 2008

Mensagem de um Pargueiro

Nome: Pargueiro

o grupo de cantares da ponta do pargo, está muito bem conseguido... é vísivel o notável esforço de cada elemento deste recente grupo, que com apenas 10 meses de existência, ja participou em comemorações tao afamadas aqui na nossa ilha, como por exemplo, a participação no "48 horas a bailar"... as palavras ditas por quem inveja tem deste grupo, não incomodam... nao têm nada que provar a ninguém..... apenas o fazem por gosto... este grupo merece toda a nossa admiração... representa muitissimo bem a freguesia, e é o orgulho de todos os pargueiros... é com certeza que este grupo alcançara todos os seus objetivos futuros, pois se conseguiu tudo aquilo que conseguiu até agora, nada os parará... nada nem ninguém, os vai deitar abaixo, ou sequer irritá-lo... pois este grupo sabe do que é capaz..... uma vez mais digo, este grupo nada tem a provar, mas quem deste grupo fala mal, esses sim, esses têm muito a provar.... têm que provar em quê que sao me lhores que este grande grupo de pargueiros..... e se já tiveram em tao grandes e honrosas comemorações, com tao pequena exist`ncia....PARABÉNS AO GRUPO!!!

Museu do Brinquedo na Ponta do Pargo

De 23 de Dezembro a 31 de Janeiro estará patente ao público na Sala de Exposições do Centro Cívico da Ponta do Pargo o Museu do Brinquedo da Madeira.


Rota Noroeste 2008



Este evento começou por ser designado de “Volta Ilha TT”, organizado pela primeira vez em
2000, ano da fundação do Clube Maresia. A agora rebaptizada Rota Noroeste foi, ao longo dos anos, adaptando-se, passando por vários formatos, mas mantendo como fio condutor os princípios e ideais que norteiam este clube desde a sua fundação, entre eles o respeito pela natureza, a convivência saudável e o espírito de entreajuda.
Dada a grande dificuldade na reunião dos apoios necessários à realização de um evento desta
dimensão aliado ao propósito de minimizar os custos para os participantes, a Organização, optou
este ano por um evento compacto de 24h cujo inicio será pelas 17:00h de Sábado e fim no Domingo pelas 17:00h, tirando vantagem dos novos formatos de seguros da FPTT.
Assim a Rota Noroeste decorrerá nos dias 19 e 20 de Julho, no concelho da Calheta, entre a Ponta do Pargo e a Calheta. Na sua oitava edição, este é um evento com algum carisma e tradição no seio do nosso Clube e do TT regional.
Para esta edição, a tarde de Sábado, será dedicada à navegação com recurso à carta militar para atingir os Waypoints propostos. Depois de jantar, teremos uma etapa nocturna por “Road Book” e muitas actividades de lazer, reeditando-se o já habitual acampamento, desta feita junto ao farol da Ponta de Pargo.
Na manhã de Domingo a caravana navega até a freguesia da Calheta com recurso ao “Road Book”, cumprindo a regularidade estipulada pela organização.
A aposta na componente social será para manter, cujo ponto alto se prevê seja nos convívios, nomeadamente no acampamento e almoço de encerramento.
Como é apanágio desta Organização, a rigorosa selecção dos traçados e a aposta na sensibilização da consciência ambiental de cada participante serão para manter. O andamento será moderado ao longo de todo o percurso, com particular destaque ao atravessar zonas florestais mais sensíveis, paralelamente faremos um controlo rigoroso dos lixos produzidos e sua recolha.


TEXTO: Organização do Evento

segunda-feira, 7 de julho de 2008

sexta-feira, 4 de julho de 2008

Elogio a Rádio Calheta


Segundo uma mensagem recebida por um anónimo da Ponta do Pargo, «ao contrário do que dizem num blog de uma freguesia vizinha, a Rádio Calheta presta um excelente serviço à população do concelho e não só, é uma empresa de comunicação social independente que é livre de fazer as suas programações conforme as suas ideias dos seus ideais. A Rádio Calheta é também uma das maiores empresas do nosso concelho e que nos orgulha imenso, para além disso faz-nos recordar belissimas músicas antigas algumas dos anos 70/80 já esquecidas no tempo para a direcção da Rádio Calheta os meus parabéns e os desejos de continuação de um bom serviço à população do Concelho. Também um abraço amigo, ao meu amigo Nélio Freitas. É tudo.»


O Ponta do Pargo News também felicita a Rádio Calheta pelo bom serviço prestado.


'48 Horas a Bailar'

Três dias de Folclore em Santana
Data: 03-07-2008
O XXIV Festival Regional de Folclore arranca amanhã, sexta-feira, com a actuação do Grupo de Folclore da Casa do Povo de Santana após a sessão de abertura presidida pelo secretário regional do Ambiente e dos Recursos Naturais.Nesta visita ao concelho de Santana, Manuel António Correia inaugura também a XX Feira Regional dos Municípios, certame dedicado à mostra de produtos de cada concelho da Região.Os três dias reservam animação contínua com as actuações de dezenas de grupos folclóricos, filarmónicas, conjuntos musicais e grupos de cantares.A animação arranca pelas 18h30, no primeiro dia actua o Grupo Folclórico da Casa Social da Madeira de Pretória, África do Sul.O Grupo Instrumental e de Cantares da Casa do Povo de Ponta do Pargo é o primeiro a subir ao palco no sábado (15h30).Sonoridades distintas prolongam a noite. A discoteca 'Vespas' troca a Avenida Sá Carneiro pelo concelho do Norte da ilha. No domingo, o presidente do Governo Regional, Alberto João Jardim visita a Feira dos Municípios pelas 16 horas.
AFS

Fonte: Diário de Notícias

Entrevista a Alcindo Andrade

video

quinta-feira, 3 de julho de 2008

Ponta do Pargo recebe novo convite

O Grupo Instrumental e de Cantares da Casa do Povo da Ponta do Pargo recebeu um convite para uma actuação na Feira do Gado no Porto Moniz. O Grupo subirá ao palco por volta das 16h00 do sábado (dia 12 de Julho).

Pedido de alteração de Data

Bom dia caros Senhores

Na semana passada foi-nos solicitado pela organização das "48 horas a Bailar" em Santana, a presença do nosso Grupo Instrumental e de Cantares da Casa do Povo da Ponta do Pargo.Pela importância desta actuação e sendo os seus elementos os principais organizadores e clientes do Concerto a ter lugar no mesmo dia e hora na nossa freguesia vimos solicitar a alteração de data do referido Concerto para uma data futuro.Lamentamos o incómodo que possamos causar, mas achamos que a melhor solução é solicitar a dita alteração antes da sua divulgação à comunicação social.Desde já agradecemos a vossa compreensão.

Recebam os nossos melhores cumprimentos.

Gilberto Garrido

quarta-feira, 2 de julho de 2008

Ponta do Pargo foi à Rádio Calheta

Hoje por volta das 10h00 Alcindo Andrade dirigiu-se à Rádio Calheta para falar um pouco da história do Grupo Instrumental e de Cantares da Casa do Povo da Ponta do Pargo.